Nossa Historia:

A Unidade de Gestão em TIC e a Escola de Robótica de Misiones.

Fortemente vinculada às políticas globais de integração das TIC na educação, o projeto da Escola de Robótica de Misiones tem como antecedente um longo percorrido de projetos de inovação educativa, que são sua base e fundamento.

Misiones está somado às diversas políticas destinadas à incorporação de tecnologia em o âmbito educativo, convertendo- se em pioneiro ao que à inovação se refere. Ao longo das ultimas duas décadas, a jurisdição programou diversas estratégias com tendência a gerar condições de igualdade e integração.

No ano 2004, a traves do programa de melhora do sistema educativo (PROMSE), geraram- se projetos orientados a desenvolver estratégias de integração das TIC nas diferentes áreas curriculares.

A partir de 2008, começou- se a programar o programa de apoio às políticas de melhoramento da equidade educativa, com a finalidade de melhorar a equidade e qualidade da educação pré-escolar, básica e do ensino médio, não só no melhoramento e expansão da infra-estruturar, mas também do acompanhamento para a incorporação das TIC nas praticas pedagógicas.

Em 2010 começa o programa conectar igualdades como políticas publica de inclusão digital educativa. O programa esteve destinado a garantir o aceso e uso das TIC a traves da distribuição de cinco milhões de computadores portáteis aos alunos das escolas do ensino médio e de educação especial. Também de aulas digitais moveis com computadores portáteis para os últimos anos dos institutos de formação docente de todo ò pais.

Em 2014, Misiones converteu- se no primeiro estado em culminar a entrega de netbook de acordo ao cronograma estabelecido pelo governo nacional, o que significa que todos os estudantes e professorem as escolas do estado tinham seu computador. Sendo também uma das primeiras em proporcionar tecnologia às aulas rurais.

A partir do ano 2017, as escolas de ensino fundamental foram incorporadas a traves do programa primaria digital, a qual tinha como desafio promover a alfabetização digital das crianças da Argentina, assumindo que o aceso às tecnologias forma parte do direito a uma educação de qualidade. Na jurisdição, com o programa primaria digital incluindo todas as escolas do ensino fundamental, e Misiones se converteu no primeiro estado que cumpriu, isto quer disser, que todas as instituições publicas tenham computador e aceso à tecnologia em suas aulas.

Atingindo um forte impacto social, político e educativo com o programa conectar igualdades e primaria digital, o estado impulso a criação de uma Direção Geral de Novas TIC, que dependia do Ministério de Educação do Estado, para que se ocupasse exclusivamente da incorporação de tecnologia na educação e em 2012, formou- se a Unidade de Gestão em TIC no âmbito da Câmara de Representantes de Misiones, que tinha como objetivo desenhar, gerenciar e programar políticas de inovação no campo das TIC no Estado de Misiones, de acordo com os atores da trama política, cientifica, tecnológica, social, educativa, cultural e produtiva, gerando mecanismos de adaptação e aplicação.

Unidade de Gestão em TIC

Fundada no ano de 2012, com o decreto 453/12, a Unidade de Gestão em TIC começou a gerar ações no marco da missão para a qual foi fundada, as mais destacadas detalharemos a continuação.

Oficina de experimento com tecnologia: Formada pelo convenio marco de transferência de conhecimento assinado pela Câmera de Representantes do estado de Misiones e o programa nacional de conectar igualdades do ANSES.

Oficinas de inovação social SAMSUNG: Soluções para o futuro: Ditados por SociaLab, realizado todos os anos e seu objetivo é brindar ferramentas de aprendizado para desenvolver projetos desde a escola que melhorem a vida da comunidade, com a abordagem nas problemática identificadas que tenham soluções baseadas em ciência, tecnologia e cálculos.

Oficina de programação e robótica para referentes tecnológicos do Estado: A cargo de EDUCABOT, esteve destinado a referentes tecnológicos, trabalhando- se aspetos da robótica aplicada à educação.

Oficinas Wikimisiones: Destinados a professores e realizados no marco do convenio com Wikimedia Argentina. Essas oficinas são da segunda etapa das experiências educativas com Wikipédia, em esse caso, os professores trabalharam com suas experiências didáticas com Wikimedia e outras praticas da cultura digital na aula.

Convenio da Câmara de Representantes e Samsung Electronics Argentina: destinado a apoiar a incorporação de tecnologias de vanguarda para a educação. Com este convenio assinado em 2014, o objetivo era montar uma aula interativa, feita na Câmara de Representantes. Cabe destacar que essa aula recebeu reconhecimento internacional cidadania corporativa 2015 como a melhor pratica de implementação.

Convenio com Wikimedia Argentina: assinado entre a Câmara de Representantes e a direção executiva de Wikimedia, com o objetivo de brindar ferramentas aos jovens missioneiros para que possam ser somados à geração de conteúdos de forma colaborativa e abertos, envolvendo aos professores e jovens na construção de conhecimentos.

Convenio com INTEL Argentina: assinado entre a Câmara de Representantes e a empresa INTEL Argentina, o convenio busca a traves de um projeto piloto incorporar e fomentar o uso de tablets no nível pré-escolar.

Desenvolvimento e apresentação Portal Educativo Andresito: Sitio web com conteúdos educativos desenvolvidos no estado e uma recopilação de materiais de diversas fontes, que funciona como reservatório de recursos feito por docentes e estudantes do estado com aulas virtuais das diversas propostas de formação docente surgidas no âmbito da secretaria TIC.

Projetos aulas digitais Samsung: O projeto enfoca- se no uso significativo das TIC por crianças e adolescentes, em âmbitos educativos de estrutura formal e não formal. Com o projeto foram beneficiadas sete escolas rurais do estado, às quais tiveram acesso à tecnologia de ultima geração e oficinas criativas de produção multimídia, a traves de um entornam programável desenhado especialmente para crianças e adolescentes.

Encontro de jovens conectadas ao futuro: Este projeto foi desenhado pela presidência da câmara de representantes a traves da unidade de gestão de TIC, em articulação com o vice-governo do estado. A proposta estava destinada a fomentar o líder em jovens.

Homenagem aos 60 anos da provincilização de Misiones: Realizaram- se atividades centradas em revalorizar a historia das Misiones Jesuíticas e os valores inculcados na organização jesuíticos- guarani. O reconhecimento a grandes pessoas o sentir missioneiro. Recuperou- se o valor histórico do prócer local Andrés Guacurarí como também das grandes idéias federais que sempre foram o centro da historia missioneira.

No marco de todas estas ações, a profissionalização de recursos humanos ocupa um lugar importante e, neste sentido, cabe destacar que mediante assinar um convenio entre a câmara de representantes e a universidade de ciências exatas químicas e naturais da universidade nacional de Misiones começou a Carrera de técnico universitário em tecnologias da informação, que permite que mais de 250 facilitadores técnicos escolares da jurisdição tenham uma formação universitária com relação às atividades que realizam no marco de PLANIED e a Escola de Robótica. O perfil aponta a formar profissionais que posam responder a diferentes requerimentos de implementação de projetos tecnológicos nas escolas.

No ano 2016 a presidência da Câmara de Representantes de Misiones impulso o projeto de Lei de Educação Digital do Estado de Misiones, no qual se estabelece:

“… As condições de desenvolvimento da educação digital do Estado de Misiones para a formação de competências de aprendizagem, gestão de conteúdos e informação, praticam comunicativas, sociais, e culturais, intercambio com outros em um mundo global, criatividade, inovação, pensamento permanente em um sistema pedagógico que contribuía à construção de pautas de convivência e comportamento, para que os habitantes do Estado de Misiones tenham pleno direito como cidadãos digitais que permitem atuar de forma responsável, segura e cívica”.

Escola de Robótica de Misiones

Em 2016, mediante um convenio de cooperação subscrito com a empresa HP, fundou- se a Escola de Robótica de Misiones. Mediante este convenio, a empresa HP comprometeu- se a aportar experiência, conhecimento, assistência técnica e equipamento de ultima geração com o objetivo de construir uma Escola de Robótica no Estado e em ela formar experiências pedagógicas interdisciplinares que potenciam o desenvolvimento de habilidades e competências em todos seus usuários, com a finalidade de que por meio das praticas aprendam a utilizar os meios tecnológicos como via para adquirir conhecimentos, interpretar informação e utilizar para a solução de problemas específicos de sua realidade próxima.

A câmara de representantes, por sua parte, aporta a infra-estrutura assim como pessoas altamente capacitadas para a geração de ambientes de aprendizado baseados no desenvolvimento de macro-habilidades tais como o trabalho colaborativo, a resolução de problemas, a criatividade, a inovação, a autogestão e as destrezas manuais.

Desde sua inicialização até a atualidade, são varias as ações que foram sendo somadas ao dialogo e que permitem validar e estender essa experiência. Um exemplo é a aprovação da Lei de Educação Disruptiva, pela qual Misiones converteu- se no primeiro Estado do país a incorporar nos desenhos curriculares de modo transversal, em todos os níveis e modalidades do sistema educativo, a robótica e a programação, tendo como base a Escola de Robótica, a traves de projetos como são o soma tua escola e EFA 4.0, entre outros.